Symphony, empresa listada nas Bolsa de Valores pode resolver o problema mundial do plástico

canudos d2w

Tradução livre sobre os plásticos biodegradáveis e a Symphony detentora da tecnologia d2w™
Fonte: Evening Standard

canudos d2w

Symphony sabe como fazer plástico naturalmente biodegradável -Nigel Howard

PLÁSTICO e o que fazer com ele tem sido um tema quente desde que o Blue Planet II de David Attenborough revelou o dano que causa o meio ambiente.
Assim que a série terminou, a primeira-ministra Theresa May dedicou atenção sobre o assunto e no início deste mês anunciou a erradicação de todos os resíduos de plástico desnecessários no Reino Unido até 2042, incluindo planos como a cobrança de 5p por saco em todas as lojas da Inglaterra.
Isto foi seguido rapidamente pela campanha do próprio jornal para proibir canudos de plástico que são distribuídas em restaurantes e bares em Londres.
Até agora, Pizza Express, Bill e uma série de bares e restaurantes de alto nível apoiaram a causa.
Mas essas notáveis campanhas não conseguem parar o consumo de plástico e a Symphony Environmental Technologies, da Bolsa de Valores, argumenta que a solução requer uma resposta científica, e não política.
A Symphony fabrica aditivos que, quando adicionados a produtos plásticos, permitem a sua biodegradação natural. O diretor executivo, Michael Laurier, diz: “Todas essas campanhas políticas são falhas. As pessoas não vão parar de usar plástico.
“Como vamos embalar nossa comida? Não podemos voltar no tempo. A solução precisa ser mais inteligente. “A tendência que os governos ocidentais têm de banir e taxar o plástico (em particular sacos) em vez de abordar a causa raiz significou um crescimento mais lento para a empresa Symphony.
As ações da empresa permaneceram estáveis desde 2001 mas desde o início do ano passado que valor das ações da empresa subiu significativamente.
O principal ponto da virada ocorreu em dezembro de 2016 quando a Arábia Saudita aprovou legislação que torna obrigatório que todos os produtos de plástico sejam feitos com material biodegradável. Tal foi a demanda dos sauditas que a Symphony atualizou suas estimativas de lucros em outubro passado e este mês acrescentou que as receitas da empresa terminariam o ano em algum lugar próximo de £ 8,2 milhões, significativamente acima dos £ 6,8 milhões registrados 12 meses antes.
A Symphony acredita que o Reino Unido e a UE devem seguir a liderança da Arábia Saudita e o seu diretor Michael Stephen teve reuniões com autoridades da Comunidade Europeia em Bruxelas e pretende manter atualizado o Secretário de Estado do Meio Ambiente, Michael Gove.
A aquisição de ações da Symphony pode parecer um investimento de risco, mas os investidores esperam que se afastem as políticas de “impostos e proibições” sobre o plástico no Ocidente evitando mais 15 anos de espera para uma nova e expressiva valorização de suas ações.
Nota da RES Brasil. Symphony é a única empresa de embalagens biodegradáveis do mundo com ações negociadas nas Bolsas de Valores de Londres e Nova Iorque. Isso garante transparência e confiabilidade para todos da cadeia das embalagens, desde o fabricante até que utiliza e distribui.
d2w é o único plástico biodegradável em conformidade com a norma brasileira ABNT PE-308.01, programa de Qualidade Ambiental acreditado pelo INMETRO.