Plástico comum, plástico biodegradável ou papel: qual sacola é menos prejudicial ao meio ambiente?

sacola-blog-mini

Em 2011, um trabalho de pesquisa produzido pela Assembleia da Irlanda do Norte constatou que é necessário “quatro vezes mais energia para fabricar uma sacola de papel do que para fabricar uma sacola plástico”.

Ao contrário das sacolas de plástico, o papel exige que florestas sejam cortadas e muita água é consumida na sua produção e na reciclagem. O processo de fabricação, de acordo com a pesquisa, também produz uma maior concentração de produtos químicos tóxicos em comparação com a fabricação de sacolas plásticas.

Sacolas de papel também pesam mais que o plástico: isso significa que seu transporte exige mais consumo de combustíveis, mais caminhões nas ruas e estradas, aumentando sua pegada de carbono, acrescenta o estudo.

Então quer dizer que o plástico comum é melhor que o papel?

Não necessariamente! O lixo plástico comum também é extremamente prejudicial ao meio ambiente. Segundo estimativa, 91% de todo o plástico já produzido está agora em um aterro ou no meio ambiente, sendo que apenas 9% foi reciclado.

Nossos solos, florestas, campos, cidades, rios e oceanos estão contaminados com embalagens, descartáveis e micro-plásticos.

Estima-se que a poluição por lixo plástico dobre até 2030, sendo os oceanos e a vida selvagem os mais afetados por essa poluição. A crise do lixo plástico se agrava a cada dia, mas nós podemos mudar isso com uma abordagem única a ser adotada em todos os setores: a responsabilização.

Plástico biodegradável

Cerca de 112 países, estados e cidades em todo o mundo já impuseram proibições do plástico não biodegradável de uso único ou conhecido como descartável. E a lista dessas restrições continua a crescer.

A maioria dessas proibições é dirigida a sacolas plásticas descartáveis de uso único e a importação de sacolas não biodegradáveis. Os fabricantes de plásticos afirmam que mais reciclagem seria a maneira mais eficaz de reduzir o impacto ambiental do descarte inadequado destes produtos. Acontece que o problema já existe e cresce a cada dia, enquanto a reciclagem ainda é muito tímida diante do enorme volume de lixo plástico que assola nosso planeta.

SACOLAS-BLOG

Vantagens do plástico biodegradável

As principais vantagens do plástico biodegradável em relação ao plástico comum são a sua reciclabilidade e o menor tempo de degradação no meio ambiente. As sacolas de plástico biodegradável são produzidas com uma tecnologia moderna e inovadora que leva o nome de d2w™.

O d2w™ é um conjunto substâncias que quebram as moléculas do plástico fazendo com que o material comece a se degradar e biodegradar em condições comuns existentes na natureza.

O propósito da tecnologia d2w™ é manter todas as características do plástico, inclusive a capacidade de ser reciclado, mas na hipótese do plástico virar lixo descartado no meio ambiente será muito rapidamente biodegradado resultando em água, biomassa e pequena quantidade de dióxido de carbono, sem deixar resíduos nocivos para o meio ambiente e para a vida.

No Brasil, a única empresa a importar e comercializar o d2w™ é a Res Brasil. Saiba mais sobre o d2w™ e como ele pode transformar para o bem o mundo das embalagens e produtos plásticos.