Os benefícios da quarentena para o Meio Ambiente

res

Ver algum lado positivo no momento histórico que o planeta vive é muito difícil, mas ele existe. Com a maioria da população mundial cumprindo a quarentena, os níveis de poluição diminuíram e já são notados em muitos países.

Alguns eventos já são conhecidos, como as águas dos canais de Veneza voltarem a ser cristalinas. Tal feito se deve a não circulação de gôndolas e turistas e, agora, os peixes são vistos nadando livremente por todo o espaço.

Animais também estão se sentindo mais confortáveis para frequentar as cidades vazias. Alguns vão em busca de comida, outros apenas movidos pela curiosidade.

Mas é interessante o fato de javalis, macacos e até um puma (em Santiago, Chile) andarem soltos por centros urbanos.

Além de fatos visíveis, é preciso falar do mais importante para os seres vivos: o ar.

Na China e na Itália, dois dos países mais afetados pelo COVID-19 e onde a quarentena imposta é obrigatória, já é oficial a melhora na qualidade do ar. Segundo cientistas, as taxas de dióxido de carbono e dióxido de nitrogênio já diminuíram drasticamente devido às medidas tomadas para desacelerar a pandemia.

Além disso, com a proibição do trânsito de carros e aviões na maioria dos países, um estudo desenvolvido e publicado pelo The New York Times mostra que os níveis de carbono estão 50% menores em Nova York, cidade já considerada o epicentro da disseminação do vírus na América do Norte. Em São Francisco e Seattle também é possível notar a diminuição da poluição.

Impactos no Brasil

A quarentena ainda não é obrigatória no Brasil. Mas a maioria dos governadores estão pedindo para a população ficar em casa. Com isso, os acidentes de trânsito em SP caíram 46,7%, segundo um levantamento preliminar da Secretaria Estadual de Logística e Transportes. Além disso, a queda na poluição do ar também é perceptível em algumas capitais brasileiras.

Apesar da boa notícia para o meio ambiente, pesquisadores afirmam que as reduções de poluição são passageiras e que a volta à rotina provavelmente aumentará os números novamente. Por isso, é necessário que se reflita e se entenda a importância de hábitos sustentáveis para que, após a quarentena, o Meio Ambiente tenha a chance de continuar se recuperando.

 

Fontes: bbb.com

             The New York Times

             CoolClimate Network – Universidade da Califórnia